Nilópolis sem registros de mortes por Covid-19

Há 16 dias não há também transferências e internações na UPA Municipal

Há 16 dias Nilópolis não registra casos de falecimentos, internações e transferências. A informação é da Secretaria de Saúde, que notificou zero número de pacientes internados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Juscelino Kubitschek, no Centro, transferidos para hospitais fora do município ou falecidos. O prefeito Abraãozinho atribui o fato ao alto percentual de vacinados com primeira e segunda dose na cidade. Há 139 mil 422 pessoas vacináveis no município.


“Esse resultado está diretamente ligado ao alto índice de vacinados na cidade: quase 80% da população vacinável recebeu a primeira dose e 54% tomaram a segunda dose, completando o ciclo vacinal”, comemorou Abraãozinho, durante visita a um dos quartos vazios que era destinado ao isolamento de pacientes internados na UTI da Covid-19 na UJA JK, acompanhado do diretor médico da unidade, Cláudio Borges.


A secretária de Saúde, Lenise Ribeiro, lembrou que os servidores da secretaria continuam a fazer busca ativa nas residências, para que moradores que ainda não se imunizaram, ou não voltaram para tomar a segunda dose, compareçam aos cinco pontos de vacinação. Ela salientou que o Centro de Triagem da Covid-19 tem atendido poucas pessoas, em busca de teste rápido e do teste swab.


O município continua a fazer repescagem de pessoas com 18 anos ou mais que não tomaram a primeira dose, oferece a terceira dose para idosos com 60 anos ou mais, terceira dose para imunossuprimidos, e segunda dose de acordo com o calendário de vacinação. A Secretaria pretende adiantar a segunda dose da população que tomou a primeira dose de Pfizer e AstraZeneca, seguindo a autorização do Ministério da Saúde.


Entre os adolescentes na faixa dos 12 aos 17 anos, a Secretaria de Saúde imunizou 53,06%, cerca de 8mil 91 pessoas, com a primeira dose. E 21,1% dos idosos, cerca de 5mil 589 pessoas, já tomaram a terceira dose, ou a dose de reforço.


Centro de Triagem
Apesar disso, o Centro de Triagem de Covid-19, instalado na Rua Zezinho sem número, no Centro, continua a funcionar e realiza o teste rápido para detecção da doença e também o swab, conhecido como o teste do cotonete. E a cidade continua a seguir protocolos de segurança sanitária como o uso de máscara, o distanciamento social seletivo, com um metro de distância, a lavagem das mãos e o uso de álcool em gel.


Volta às aulas presenciais
A Secretaria de Educação retornou no dia 8 de outubro com as aulas cem por cento presenciais dos 13 mil alunos matriculados da rede municipal de ensino, inclusive, inclusive as crianças que frequentam o berçário e os estudantes da educação especial. Os alunos têm que manter distanciamento de um metro entre as carteiras, usar máscaras e álcool em gel.

Você pode gostar...