Fompec

Fórum Misto Permanente de Cultura de Nilópolis – FOMPEC

Fórum Misto Permanente de Cultura de Nilópolis – FOMPEC

FOMPEC

O FOMPEC é composto por pessoas físicas e jurídicas da sociedade civil, como também por representantes da Gestão Pública Municipal, que possuam envolvimento com a vida cultural da cidade e que estejam comprometidas com a construção do Sistema Municipal de Cultura de Nilópolis.

O FOMPEC foi criado em 2014, tendo a sua retomada em 2021. Segundo o seu Regimento Interno, o FOMPEC possui características de órgão consultivo, propositivo e fiscalizador das politicas públicas de cultura da cidade. Devendo atuar em regime de parceria com o Conselho Municipal de Cultura e a Secretaria Municipal de Cultura, tendo os seguintes objetivos:

FOMPEC

O FOMPEC é composto por pessoas físicas e jurídicas da sociedade civil, como também por representantes da Gestão Pública Municipal, que possuam envolvimento com a vida cultural da cidade e que estejam comprometidas com a construção do Sistema Municipal de Cultura de Nilópolis.

O FOMPEC foi criado em 2014, tendo a sua retomada em 2021. Segundo o seu Regimento Interno, o FOMPEC possui características de órgão consultivo, propositivo e fiscalizador das politicas públicas de cultura da cidade. Devendo atuar em regime de parceria com o Conselho Municipal de Cultura e a Secretaria Municipal de Cultura, tendo os seguintes objetivos:

São objetivos:

I – Contribuir para o cumprimento, pelo Governo Municipal e Sociedade, do dever constitucional de assegurar o desenvolvimento pleno da cultura e cidadania a partir do fomento e realização das políticas públicas no âmbito municipal;

II – Auxiliar para o cumprimento, pelo poder público e pela Sociedade, do dever constitucional de assegurar o acesso de todos às manifestações culturais;

III – Promover a conscientização, visando estabelecer a melhoria qualitativa e quantitativa das manifestações culturais de Nilópolis;

IV – Colaborar e articular a implementação de políticas públicas culturais em parceria com o Conselho Municipal de Políticas Culturais;

V – Incentivar e apoiar a realização de conferências, encontros, seminários e eventos de cultura, buscando atender as especificidades de cada área cultural, promovendo a qualificação dos agentes de cultura, o desenvolvimento de diretrizes e a elaborações de proposta para melhoria do Sistema Municipal de Cultura;

VI – Apoiar o Conselho Municipal de Políticas Culturais na organização a cada 02 (dois) anos  da eleição de seus novos membros;

VII – Fomentar o respeito e a defesa da diversidade cultural.

São objetivos:

I – Contribuir para o cumprimento, pelo Governo Municipal e Sociedade, do dever constitucional de assegurar o desenvolvimento pleno da cultura e cidadania a partir do fomento e realização das políticas públicas no âmbito municipal;

II – Auxiliar para o cumprimento, pelo poder público e pela Sociedade, do dever constitucional de assegurar o acesso de todos às manifestações culturais;

III – Promover a conscientização, visando estabelecer a melhoria qualitativa e quantitativa das manifestações culturais de Nilópolis;

IV – Colaborar e articular a implementação de políticas públicas culturais em parceria com o Conselho Municipal de Políticas Culturais;

V – Incentivar e apoiar a realização de conferências, encontros, seminários e eventos de cultura, buscando atender as especificidades de cada área cultural, promovendo a qualificação dos agentes de cultura, o desenvolvimento de diretrizes e a elaborações de proposta para melhoria do Sistema Municipal de Cultura;

VI – Apoiar o Conselho Municipal de Políticas Culturais na organização a cada 02 (dois) anos  da eleição de seus novos membros;

VII – Fomentar o respeito e a defesa da diversidade cultural.

Como participar:

Para poder participar do Fórum Municipal de Cultura, os agentes culturais (artistas, profissionais técnicos, produtores, a demais categorias  relacionadas a economia da cultura) devem compor seu quadro de membros, por meio da assinatura do termo de adesão ao FOMPEC, seja quanto pessoa física ou pessoa jurídica. Tendo ainda, como termos de participação, o respeito ao Regimento Interno do FOMPEC e a participação em suas reuniões.

Documentos disponíveis nos botões abaixo:

A assinatura do termo poderá ser realizada ou entregue durante as reuniões do Fórum que são divulgadas em nossa página do Facebook.

Calendário:

Fique atento ao calendário de encontros

18

AGOSTO

20

SETEMBRO

20

OUTUBRO

Como participar:

Para poder participar do Fórum Municipal de Cultura, os agentes culturais (artistas, profissionais técnicos, produtores, a demais categorias  relacionadas a economia da cultura) devem compor seu quadro de membros, por meio da assinatura do termo de adesão ao FOMPEC, seja quanto pessoa física ou pessoa jurídica. Tendo ainda, como termos de participação, o respeito ao Regimento Interno do FOMPEC e a participação em suas reuniões.

Documentos disponíveis nos botões abaixo:
A assinatura do termo poderá ser realizada ou entregue durante as reuniões do Fórum que são divulgadas em nossa página do Facebook.

Calendário:

Fique atento ao calendário de encontros

18

AGOSTO

20

SETEMBRO

20

OUTUBRO

FOMPEC E O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA

Além de contribuir em regime de colaboração e parceria com o Conselho Municipal de Cultura. Cabe ao Fórum a função de eleger os representantes da Sociedade Civil os quais virão a ocupar os cargos de conselheiros municipais de cultura. Como consta na Lei de Criação do Conselho Municipal de Cultura, devendo essa escolha ser realizada somente entre os membros do FOMPEC pertencentes a sociedade civil, os quais escolheram entre seus pares representantes  em número de de acordo com as cadeiras destinadas a sociedade civil em regime de paridade que rege a Composição do Conselho Municipal de Cultura.

FOMPEC E O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA

Além de contribuir em regime de colaboração e parceria com o Conselho Municipal de Cultura. Cabe ao Fórum a função de eleger os representantes da Sociedade Civil os quais virão a ocupar os cargos de conselheiros municipais de cultura. Como consta na Lei de Criação do Conselho Municipal de Cultura, devendo essa escolha ser realizada somente entre os membros do FOMPEC pertencentes a sociedade civil, os quais escolheram entre seus pares representantes  em número de de acordo com as cadeiras destinadas a sociedade civil em regime de paridade que rege a Composição do Conselho Municipal de Cultura.

Coordenação do Fórum:

Poder Público:

Inez Simpliciano (Sup. dos Conselhos)

Fabrício Esteves (Secretaria de Cultura)

Sociedade Civil:

David Arcanjo – (Grupo Omon Obá)

Vinni Rodrigues – (Produtor Cultural)

Coordenação do Fórum:

Poder Público:

Inez Simpliciano (Sup. dos Conselhos)

Fabrício Esteves (Secretaria de Cultura)

Sociedade Civil:

David Arcanjo – (Grupo Omon Obá)

Vinni Rodrigues – (Produtor Cultural)

CADASTRO DE AGENTES CULTURAIS DE NILÓPOLIS

Reaberto o cadastro dos Agentes de Cultura de Nilópolis

O cadastro é obrigatório para os agentes e instituições as quais ainda não tenham  realizado, seja no período das ações da Lei Aldir Blanc em Nilópolis, ou não possuam cadastro no ID Cultura / Mapa de Cultura do Governo Federal. Como também para agentes, coletivos e instituições as quais necessitem atualizar seus dados no cadastro municipal de cultura.

Cadastro dos agentes culturais de cultura da Cidade de Nilópolis. Este cadastro tem por objetivo, colaborar para construção do mapa de cultura da cidade. Estão chamados ao preenchimento deste cadastramento, todos os envolvidos com a cadeia de produção cultural e economia criativa da cidade. Artistas, artesãos, profissionais técnicos (iluminadores, figurinistas, operadores de som, produtores culturais, gestores), arte educadores, povos  e comunidades tradicionais, coletivos informais ou grupos formalizados, empresas que possuam atividade principal relacionada a cultura e a economia criativa.

Preencha cuidadosamente os seus dados ou de sua organização, tais elementos serão utilizados para homologação de proponentes para as ações referentes a Lei Aldir Blanc, como de futuros projetos da Secretaria Municipal de Cultura.

Verifique as documentações necessárias para realização antes do preenchimento. Antes do envio, tenha todos os seus documentos preparados, a ausência de algum documento poderá desabilitar o seu cadastro. Os arquivos devem ter o formato pdf ou jpeg. com no máximo 100 mb de tamanho de arquivo.

Documentos necessários

  • Cópia do RG e CPF – em folha única formato pdf ou jpeg;
  • Comprovante de Residência do Agente ou representante do grupo, coletivo ou instituição;
  • Cópia do Cartão CNPJ (obrigatório somente a grupos e instituições formalizadas);
  • Portifólio Artístico/cultural (Consiste em um currículo em formato pdf com a descrição de sua atividade, artística, formação, eventos que participou ou realizou, certificados de cursos ou premiações, fotos de reportagem, etc. Devendo ter no máximo 100 mb).

CADASTRO DE AGENTES CULTURAIS DE NILÓPOLIS

Reaberto o cadastro dos Agentes de Cultura de Nilópolis

O cadastro é obrigatório para os agentes e instituições as quais ainda não tenham  realizado, seja no período das ações da Lei Aldir Blanc em Nilópolis, ou não possuam cadastro no ID Cultura / Mapa de Cultura do Governo Federal. Como também para agentes, coletivos e instituições as quais necessitem atualizar seus dados no cadastro municipal de cultura.

Cadastro dos agentes culturais de cultura da Cidade de Nilópolis. Este cadastro tem por objetivo, colaborar para construção do mapa de cultura da cidade. Estão chamados ao preenchimento deste cadastramento, todos os envolvidos com a cadeia de produção cultural e economia criativa da cidade. Artistas, artesãos, profissionais técnicos (iluminadores, figurinistas, operadores de som, produtores culturais, gestores), arte educadores, povos  e comunidades tradicionais, coletivos informais ou grupos formalizados, empresas que possuam atividade principal relacionada a cultura e a economia criativa.

Preencha cuidadosamente os seus dados ou de sua organização, tais elementos serão utilizados para homologação de proponentes para as ações referentes a Lei Aldir Blanc, como de futuros projetos da Secretaria Municipal de Cultura.

Verifique as documentações necessárias para realização antes do preenchimento. Antes do envio, tenha todos os seus documentos preparados, a ausência de algum documento poderá desabilitar o seu cadastro. Os arquivos devem ter o formato pdf ou jpeg. com no máximo 100 mb de tamanho de arquivo.

Documentos necessários

  • Cópia do RG e CPF – em folha única formato pdf ou jpeg;
  • Comprovante de Residência do Agente ou representante do grupo, coletivo ou instituição;
  • Cópia do Cartão CNPJ (obrigatório somente a grupos e instituições formalizadas);
  • Portifólio Artístico/cultural (Consiste em um currículo em formato pdf com a descrição de sua atividade, artística, formação, eventos que participou ou realizou, certificados de cursos ou premiações, fotos de reportagem, etc. Devendo ter no máximo 100 mb).

Contato

Duvidas ou solicitações

Contato

Duvidas ou solicitações

NOTÍCIAS RELACIONADAS