Casa da Mulher Nilopolitana celebra dois anos da Patrulha Maria da Penha

Na terça-feira (14/9) foi celebrado, na Casa da Mulher Nilopolitana, os dois anos de implantação da Patrulha Maria da Penha no estado do Rio de Janeiro. A Patrulha é um órgão criado para proteger mulheres vítimas de violência.


“Estou muito feliz com esse momento. Enquanto a rede existir, a mulher será protegida”, disse Nilcea Cardoso, superintendente dos direitos da mulher. O evento deu seguimento às atividades relacionadas ao Setembro Amarelo.


O secretário de Segurança Pública, Esmar França, salientou sobre a criação da Patrulha Maria da Penha Municipal a qual atenderá as demandas de Nilópolis e disse estar à disposição da Casa da Mulher Nilopolitana.


A coordenadora do Centro Integrado de Atendimento à Mulher (Ciam), Sônia Lopes, pontuou: “A comemoração dos dois anos da Patrulha Maria da Penha está começando aqui na Casa da Mulher, onde sempre teve um grande acolhimento. Os guardiões da vida têm feito um trabalho de excelência”.


Também estiveram presentes o sargento Wagner e a cabo Suelen, homenageados na ocasião. Representando a Comissão de Ética da OAB-Nilópolis, o Dr. Elvis, o qual representou também o presidente da OAB, Dr. Celso Gonçalves. A inspetora Fabiana foi representando o delegado da 57° D.P ,Dr Moraes. O evento também contou com presença do Sr. Diniz, representando o Conselho Municipal de Segurança e a presidente do Conselho da Mulher Nilopolitana, Janete Oliveira.

Para mais informações sobre eventos e palestras na Casa da Mulher Nilopolitana, entre em contato por meio do número de telefone 2691-6887 ou compareça à sede da casa, localizada na rua Antônio João Mendonça, nº 65, centro.

Você pode gostar...