Casa da luta inicia aulas de artes marciais nesta segunda

Projeto é gratuito e visa proporcionar aos jovens do município a prática de esportes e inclusão social

O espírito olímpico invadiu Nilópolis. Entre golpes e sorrisos, o pequeno João Victor, de 6 anos, estava empolgado no tatame em sua primeira aula de Judô na Casa da Luta Nilopolitana, que iniciou oficialmente nesta segunda-feira (9/8) suas atividades.

O pai de João, Alex, acompanhou a aula do pequeno e destacou que é importante para incentivar as crianças a terem disciplina. “Eu fiz luta, tô afastado. Acho um projeto fundamental para a Baixada Fluminense. É muito importante para eles aprenderem a ter disciplina, projetando lá no futuro ele ser um cidadão melhor“, contou ele que já imagina o filho como atleta olímpico.

Com aulas de Karatê, Judô, Muay Thai, Boxe e Jiu-jítsu para jovens de 6 a 17 anos, a Casa já conta com aproximadamente 280 pré-inscrições. Segundo o Mestre Gessé Cintra, o projeto planeja colocar em média, 20 alunos por turma. “O nosso negócio é atender a demanda, esse ginásio foi criado para atender a juventude. Estamos aqui para realmente fazer acontecer, para ensinar às nossas crianças o que é ter dignidade“, ressaltou ele que já tem pretensão de levar as atividades à outros bairros do município.

O dojô – local de treinamento de artes marciais – possui octógono, tatames, sacos de pancada, ventiladores, dois banheiros (feminino e masculino), sala de atendimento médico e vestiários.

A Casa da Luta Nilopolitana fica no bairro Frigorífico, em frente à Vila Olímpica de Nilópolis. Para mais informações sobre como se inscrever, os interessados devem procurar a sede de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Você pode gostar...